Cantina Palestra

Cantina Palestra pode se tornar o reduto palmeirense nos arredores do Allianz Parque, mas precisa melhorar se quiser emplacar também com outros públicos

O Palmeiras ostenta uma marca de mais de 15 milhões de torcedores. Conhecida por ter uma das torcidas mais fanáticas do futebol brasileiro, a marca Palmeiras, por si só, já vende e muito. Não à toa, a Sportfood, a primeira rede de gastronomia voltada para clubes de futebol do mundo, investiu forte na primeira unidade da Cantina Palestra, o restaurante do clube paulista.

Especializado em massas, o restaurante do Palmeiras pretende se tornar a principal referência de restaurantes de clubes no Brasil | Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Esportes
Especializada em massas, a cantina do Palmeiras pretende se tornar a principal referência de restaurantes de clubes no Brasil | Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Esportes

Ainda uma estrela solitária, a Cantina Palestra quer se tornar uma das principais franquias de restaurantes de clubes do país, que hoje tem como principal referência a Hamburgueria 1903, do Grêmio.

Quem pisa pela primeira na cantina localizada em frente a uma das entradas do Allianz Parque já entende porque o palmeirense vai se sentir em casa por ali. O verde e branco são predominantes em todo o interior da casa, e algumas pitadas de vermelho relembram o passado italiano dos palestrinos. Nas paredes estão estampadas frases marcantes entre os torcedores alviverdes, como “Avanti, Palestra” e “Dá-lhe, porco”, além ídolos reconhecidos por gerações.

Decoração inspirada nas cantinas italiana | Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Esportes
Decoração inspirada nas cantinas italianas | Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Esportes

Todo o ambiente remete a uma cantina italiana, com um ar um pouco mais jovial, seguidos pelos atendentes solícitos e bem simpáticos, que atendem como em um restaurante, com pedidos feitos na mesa, ao contrário do que acontece na Hamburgueria 1903, voltada para o atendimento fast food.

Com horário de atendimento restrito ao almoço, a Cantina Palestra tem recebido um bom número de clientes curiosos sobre o novo recanto alviverde | Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Esportes
Com horário de atendimento restrito ao almoço, a Cantina Palestra tem recebido um bom número de clientes curiosos sobre o novo recanto alviverde | Foto: Fernanda de Lima / Guia dos Esportes

O Guia dos Esportes visitou a Cantina Palestra numa sexta-feira, algumas semanas após sua inauguração. Não há muitas ressalvas sobre o ambiente, em que o luxo mesmo fica por conta da fachada. O sobrado histórico, conhecido como Casa do Eletricista, pertence ao complexo Casa das Caldeiras e oferece, além de dois andares no ambiente interno, uma área externa com mesas e um foodtruck.

Para pratos um pouco mais “sofisticados”, os preços das refeições na Cantina Palestra são bem acessíveis. Na ocasião, pedimos um Fagotti de massa integral recheado com mussarela de búfala e tomate seco, a custo de R$ 35,00. A sobremesa, um “Tiramissu Turiassu”, em alusão a uma das principais ruas de acesso – e festa – ao Allianz Parque, saiu por R$ 13,00. No entanto, tanto o prato principal quanto a sobremesa deixaram a desejar. A massa servida estava quase fria, sem nada que se destacasse no paladar, nem sequer a mussarela. O tiramissu, servido em um potinho de vidro bem bonito – único ponto positivo -, parecia mais uma mistura de bolacha molhada com um creme por cima. Ambos sem gosto algum que nos faça querer repetir a dose.

O Fagotti, segundo funcionária da casa que nos atendeu, é um dos pratos mais pedidos do cardápio. Por isso mesmo, a decepção com o prato é ainda maior. Já o tiramissu era alguma das poucas opções de sobremesas disponíveis no dia. Aquele que tem tudo para ser a grande pedida entre os doces da Cantina Palestra, um pudim no formato do estádio palmeirense, não estava sendo servido.

Como esta poderia ser uma reclamação isolada em apenas “um dia ruim” na Cantina Palestra, nós visitamos a página do restaurante no Facebook para compararmos as avaliações. As reclamações dos visitantes foram bem parecidas com as nossas.

“Decepcionante! Pedi um ravióli de calabresa. Estava apenas razoável. Minha sogra pediu um parmigiana e estava duro”, escreveu um usuário. “Pratos devem ser melhorados, molhos sem sabor”, avaliou outro.

O restaurante possui apenas um banheiro feminino e outro masculino, mas, durante o tempo em que estivemos na casa, esse não foi um problema. E esse parece ser um padrão da rede gerida pela Sportfood, se observarmos que na Hamburgueria 1903, no Centro Histórico de Porto Alegre, a estrutura é a mesma.

Para a grandeza do empreendimento é necessário ir além da paixão do público palmeirense, porque a novidade e a fila para tirar selfies na cantina vão passar e somente uma comida realmente boa vai conseguir cativar clientes.

Confira abaixo o cardápio com os pratos e bebidas oferecidos na Cantina Palestra:

Aperitivos

1914 – Arancini – R$ 24,90

Famoso bolinho de risoto da Sicília em sua versão original recheado com linguiça picante

1920 – Bruschette – R$ 20,60

Saboroso trio de brusquetas nos sabores margherita, mix de cogumelos e calabresa gratinada

1926 – Polenta – R$ 34,10

Polenta artesanal frita com leve toque de parmesão servida com ragu de ossobuco e molho pomodoro

1927 – Calamari Impanati – R$ 34,10

Anéis de lula empanados e fritos acompanhados de molho pomodoro

1932 – Pane e Formaggio – R$ 42,20

Tradicional pão italiano servido com mix de queijos gratinados

1933 – Pane e Salsiccia – R$ 42,20

Tradicional pão italiano servido com mix de queijos e linguiça calabresa

1934 – Salsiccia – R$ 44,00

Porção de 500g de linguiça artesanal temperada com ervas finas servida com batatas fritas e molho levemente picante

1934 – Polpettone – R$ 35,00

Porção de 10 bolinhos de carne temperada com ervas finas e servida com molho levemente picante

1940 – Completa – R$ 53,00

Combinado generoso das nossas porções de bolinho de carne, linguiça artesanal, polenta com ragu, bolinho de risoto e batatas fritas

Saladas

4 x 0 – Insalata di Foglie – R$ 26,00

Mix de folhas, abobrinha em conserva de azeite e queijo parmesão

8 x 0 – Insalata di Verdure – R$ 25,10

Mix de folhas, tomate seco, lascas de cenoura e queijo parmesão

Massas

1942 – Penne di Funghi – R$ 35,00

Massa penne de grano duro salteada ao molho funghi

1944 – Penne al Formaggio – R$ 35,00

Massa penne de grano duro salteada ao molho de quatro queijos

1947 – Fettuccine Ossobuco – R$ 35,00

Massa fettuccine de grano duro salteada ao ragu de ossobuco

1950 – Fettuccine Calamari – R$ 44,00

Massa fettuccine verde de grano duro salteada com anéis de lula

1959 – Spaghetti – R$ 35,00

Massa espaguete de grano duro salteada ao molho bolonhesa

1966 – Carbonara – R$ 35,00

Massa espaguete de grano duro em tradicional receita italiana feita com gema de ovos, bacon e queijo pecorino

1972 – Agnolotti dal Plin – R$ 35,00

Massa recheada de tapenade de azeitonas pretas ao molho de manteiga dourada

1974 – Pansotti al Formaggio – R$ 35,00

Massa preparada artesanalmente recheada de queijo servida ao molho funghi

1976 – Fagotti – R$ 35,00

Massa artesanal integral recheada com mussarela de búfala, manjericão e tomate seco ao molho de manteiga dourada

1993 – Ravioli – R$ 35,00

Massa preparada artesanalmente nas cores verde e branco, recheada de calabresa ao vinho branco servida ao molho pomodoro

1994 – Ravioli – R$ 35,00

Massa recheada de queijo gorgonzola e pera servida ao molho branco

1996 – Lasagna – R$ 42,20

Lasanha de presunto e mussarela servida ao molho pomodoro

2008 – Lasagna – R$ 44,00

Lasanha de massa verde recheada de queijo provolone servida ao molho pomodoro

1926 – Extra Gnocchi – R$ 35,00

Nhoque de mandioquinha servido ao molho pomodoro

1938 – Extra Gnocchi – R$ 35,00

Nhoque verde da casa servido ao ragu de calabresa

Risotos

1951 – Mundial – R$ 42,20

Clássico da culinária italiana: arroz arbóreo puxado no mix de cogumelos e vinho branco servido com lascas de parmesão

1999 – Libertadores – R$ 42,20

Arroz arbóreo preparado com tomate, molho pesto e vinho branco servido com lascas de parmesão

1998 – Mercosul – R$ 42,20

Arroz arbóreo puxado com ragu de ossobuco

1969 – Carranza – R$ 42,20

Arroz arbóreo puxado com ragu de linguiça

1974 – Carranza – R$ 44,00

Arroz arbóreo preparado com presunto cru servido com lascas de parmesão

1975 – Carranza – R$ 42,20

Arroz arbóreo preparado com anéis de lula e salsinha picada

Especiais

1960167 – Polpettone Taça Brasil – R$ 44,00

Polpetone recheado servido ao molho pomodoro com fettuccine verde

1967169 – Parmegiana Robertão – R$ 42,20

Bife à parmegiana servido ao molho pomodoro, arroz branco e batatas fritas

1972173 – Brasato Bicampeão – R$ 44,00

Filet mignon cozido em processo lento, preparado ao molho à base de vinho tinto servido com batata assada

1993194 – Porchetta Bicampeã – R$ 53,00

Parte nobre da lateral do porco marinado e assado por seis horas servido com batatas fritas

Bistecca alla Fiorentina Copa do Brasil – R$ 62,00

Tradicional carne da culinária italiana com osso, grelhada e servida com legumes assados

Pesce al Cartoccio dos Campeões – R$ 35,00

Filé de tilápia assado no papelote com azeitonas, cebola, champignon, lâminas de amêndoas e legumes assados

Pollo alla Griglia Campeão do Século – R$ 35,00

Peito de frango grelhado servido com legumes assados

Pães

Divino – R$ 25,10

Pão semi italiano, mussarela, tomate e molho pesto

Pai da Bola – R$ 33,20

Pão semi italiano, azeite, rúcula e presunto cru

Matador – R$ 25,10

Pão semi italiano, abobrinha em conserva de azeite e queijo cremoso

Animal – R$ 32,30

Pão semi italiano, molho pesto e lombo de porco assado

Carabina – R$ 25,10

Pão semi italiano, mussarela, pepperoni e rúcula

Santo – R$ 25,10

Pão semi italiano, molho pesto e mortadela com pistache

Pizzas

Margherita di Savoia – R$ 32,20

Molho de tomate, mussarela de búfala, manjericão fresco e azeite extra virgem

Da Corneta – R$ 32,20

Molho de tomate, mussarela, champignon e linguiça calabresa

Palmeiras é Brasil – R$ 35,00

Molho de tomate, mussarela, linguiça calabresa e cebola

Periquito Quattro Formaggi – R$ 35,00

Molho de tomate, mussarela, gorgonzola, parmesão e pecorino

Rucola Jardim Suspenso – R$ 40,40

Molho de tomate, mussarela, rúcula, presunto cru e parmesão em lascas

Prosciutto das Cinco Coroas – R$ 44,00

Molho de tomate, mussarela e presunto cru

Pollo che la Vittoria é Nostra – R$ 35,00

Molho de tomate, mussarela e frango desfiado

Mozzarella alla Arrancada Heroica – R$ 35,00

Molho de tomate, mussarela e orégano

Zuchini da Academia – R$ 35,00

Molho de tomate, abobrinha fatiada e parmesão

E dá-lhe Porco! – R$ 42,20

Molho de tomate, lombo de porco fatiado, cebola, rúcula e parmesão

Parque Pepperoni – R$ 35,00

Molho de tomate, mussarela e pepperoni

Outros pratos

Spaghetti sub-15 – R$ 26,00

Massa espaguete de grano duro salteada ao molho pomodoro servida com almôndegas

Penne al Formaggi sub-17 – R$ 24,00

Massa penne de grano duro salteada ao molho quatro queijos

Gnocchi sub-20 – R$ 26,00

Nhoque verde servido ao ragu de linguiça calabresa

Acompanhamentos

Batatas fritas – R$ 10,70

Batatas rústicas – R$ 12,50

Legumes da época assados – R$ 8,00

Polpettes – R$ 8,00

Arroz branco – R$ 8,00

Arroz integral – R$ 8,00

Spaghetti ao sugo – R$ 8,00

Sobremesas

Canolli Imponente com Nutella – R$ 8,00

Tiramissu Turiassu – R$ 13,00

Palha Família Italiana (servida com sorvete) – R$ 16,00

Mousse Verdão Siciliano – R$ 13,00

Mousse Campeoníssimo de Chocolate meio amargo – R$ 13,00

Panacota Sangue na Veia Frutas Vermelhas – R$ 13,00

Pudim Palestra Itália – (servido no formato do estádio) – R$ 16,00

Opção de fruta: maçã – R$ 4,40

Bebidas

Água – R$ 5,95

Refrigerantes – R$ 7,10

Sucos – R$ 8,90

Aquarius Fresh – R$ 8,10

Drinks nacionais – R$ 18,80

Drinks importados – R$ 22,40

Caipirinha de vodka – R$ 18,80

Dose de vodka nacional – R$ 17,00

Dose de vodka importada – R$ 21,50

Dose de whisky 8 anos – R$ 20,60

Dose de whsky 12 anos – R$ 24,65

Cerveja Paulaner Dunkel – R$ 29,60

Cerveja Paulaner Naturtrub – R$ 29,60

Cerveja Paulaner hp Anno 1417 – R$ 38,00

Cerveja Paulaner Munchener hell – R$ 29,60

Onde fica? Avenida Francisco Matarazzo, 1.752 – Água Branca – Casa do Eletricista – São Paulo – SP

Horário de funcionamento

Diariamente das 11h30 às 15h30

Onde estacionar

Além das opções de estacionamentos ao longo de toda a Av. Francisco Matarazzo, o Edifício Comercial Casa das Caldeiras, ao lado da Cantina Palestra, oferece serviço de estacionamento de segunda a sábado, das 07h às 23h.

Galeria

Confira mais fotos da Cantina Palestra

Compartilhe:
Fernanda de Lima

Fernanda de Lima

Editora Guia dos Esportes