Corrida do Shopping Taboão não decepciona mas precisa pensar também no não-corredor

Guia dos Esportes participa da primeira edição da corrida Shopping Taboão e compartilha impressões

Sair do circuito da capital paulista para correr já é um bom negócio por si só. Para o bolso então, ainda mais. A primeira edição da Corrida e Caminhada Shopping Taboão custou ao corredor R$ 69, abaixo da média da maioria das corridas na cidade de São Paulo. Com fácil acesso pela Rodovia Régis Bittencourt, o Shopping Taboão é acessível para a maioria dos paulistanos dispostos a explorar novos territórios, e é isso que a corrida Shopping Taboão, disputada no último domingo (19) proporcionou, além da comodidade de estacionar o carro dentro do shopping (o que convenhamos é uma gigantesca facilidade, apesar da cobrança do ticket de estacionamento).

LEIA MAIS: Corridas de rua que vão te levar para conhecer os principais complexos esportivos do país

O circuito com largada no estacionamento do shopping atravessou uma das principais rodovias do país para adentrar as ruas de Taboão da Serra. Quem participou da corrida de 6,4 km se viu em meio a uma cidadezinha com ar interiorano, cercada de muito verde e idosos sentados nos bancos nas calçadas ao longo do circuito. O percurso traçado foi desafiador na medida certa e realmente agradável para o corredor que participou da corrida Shopping Taboão.

Mas só para o corredor…

Ainda que Taboão não seja agitada, cheia e atribulada como São Paulo, há de se ressaltar que a cidade é, e muito, urbana também. E que por ali, às 8h de uma manhã ensolarada de domingo, a movimentação pode ser bem intensa. Como foi. Com o tráfego de carros, moradores da região e corredores, o trânsito só poderia ficar caótico.

Confira o percurso da 1ª Corrida e Caminhada Shopping Taboão:

E nesse caso, não há vilões, como os corredores tentam apontar os motoristas, e os não-corredores a xingar àqueles que se dispuseram a acordar cedo para gastar as solas do tênis numa manhã de domingo. Para as próximas edições, os organizadores precisam pensar num circuito que ofereça opções aos não-corredores também, que ficaram impossibilitados de se locomover na região durante mais de uma hora de prova. Por várias ruas que passamos durante o trajeto, nos deparamos com motoristas impacientes em filas e sem alternativas de saída ou ao menos orientação para isso (alguns, mais alvoroçados, inclusive, cruzando as marcações destinadas à prova), culpando consequentemente, mas sem razão, os corredores que tomavam conta do percurso.

LEIA TAMBÉM: O que seria do Autódromo de Interlagos sem Piero Gancia?

Observamos outras reclamações de corredores sobre a prova, como a água quente e a simplicidade do kit. Do nosso ponto de vista, a água distribuída durante a corrida, em temperatura ambiente, não interferiu na classificação da primeira edição da corrida. Assim como o kit, que, se não veio recheado de brindes, como boa parte dos corredores esperam, forneceu o básico aos participantes da prova: número de peito, camiseta (bonita e com tecido de qualidade) e squeeze.

Além da corrida

Vai correr em Taboão da Serra e quer dar uma esticadinha para conhecer mais a cidade? Conhecer os dois mais novos palcos esportivos da cidade pode ser uma boa opção. Em setembro de 2016, a Prefeitura de Taboão da Serra entregou à população a quadra e galpão multiuso do Jardim Clementino e também o gramado sintético do campo de futebol do Marabá Novo. Assistir a uma partida na Arena Marabá pode renovar a paixão pelo futebol de raiz.

Campo do Marabá Novo recebeu partidas de times municipais durante inauguração do gramado sintético, em setembro de 2016 | Foto: Prefeitura de Taboão da Serra
Campo do Marabá Novo recebeu partidas de times municipais durante inauguração do gramado sintético, em setembro de 2016 | Foto: Prefeitura de Taboão da Serra

1ª Corrida e Caminhada Shopping Taboão | Foto em destaque: O Taboanense

Compartilhe:
Fernanda de Lima

Fernanda de Lima

Editora Guia dos Esportes