“O Brasil cozinha com amor”, diz atleta americana

Em passagem pelo Brasil para disputa de evento-teste para a Rio 2016, Chaunte Lowe, do atletismo dos Estados Unidos, se impressiona com gastronomia brasileira 

A atleta norte-americana Chaunte Lowe passou o fim de semana no Rio de Janeiro participando do Ibero-Americano de atletismo, evento-teste para os Jogos Olímpicos, realizado no Estádio Olímpico Nilton Santos, o Engenhão. Ainda em busca de sua classificação para a Rio 2016, ela ficou impressionada com a empolgação do público brasileiro.

“As pessoas cantam o tempo todo das arquibancadas, batem palmas, incentivam os participantes. Se escuta música em todos os lados da cidade. É mesmo o meu tipo de lugar para ficar e competir”, mostra-se igualmente empolgada Lowe.

De folga na segunda-feira, Chaunte aproveitou para conhecer um pouco mais da gastronomia brasileira e almoçou no Cantô Gastrô & Lounge, na Barra da Tijuca, Zona Oeste da cidade. Entre os sabores brasileiros, a atleta adorou as misturas de sucos de manga com maracujá e água de coco, e açaí com maracujá. O carpaccio de pupunha e o sabor de cajá no peixe também foram novidades para a estadunidense.

Chaunte Lowe demonstra curiosidade em restaurante brasileiro | Foto: Rafael Vaz
Chaunte Lowe demonstra curiosidade em restaurante brasileiro | Foto: Rafael Vaz

“Quero provar tudo, e até aprender a fazer algumas receitas em casa para meu marido e meus filhos. Por causa do esporte, preciso sempre estar atenta ao tipo de comida que consumo, mesmo durante as folgas. É muito bom saber que aqui no Rio é possível encontrar vegetais e frutas tão frescas em combinações tão interessantes. Quero voltar ao Rio e ter tempo de explorar melhor a cultura local”, completou.

Para sobremesa, provou um pudim com calda de açaí – e logo quis saber como fazer para repetir em casa.

Sobre os Jogos Olímpicos, que começam a ser disputados em agosto no Rio de Janeiro, Chaunte espera uma atmosfera vibrante. “Os Jogos do Rio serão incríveis! Vocês são um povo muito simpático e hospitaleiro. Você sente que todos querem cuidar de você, e ao mesmo tempo, são pessoas com as quais você gostaria de estar junto”, diz. “Em outras competições, eu tive problemas com o tipo de comida local, por estar fora da dieta indicada. Mas aqui no Rio durante o evento-teste, comi tudo no buffet do hotel e eram muitas opções gostosas de saladas, carnes, cereais. Adorei os sucos de caju e de melancia. Experimentei tudo! O Brasil cozinha com amor”, finaliza a campeã mundial de salto em altura em 2012.

Para garantir participação na quarta Olimpíada da carreira, Chaunte Lowe precisa se posicionar entre as três primeiras em seletiva do atletismo americano que acontece em julho.

Compartilhe:
Redação

Redação

Guia dos Esportes - Conhecendo o mundo através do esporte